NOTÍCIAS - O potencial da Indústria química


O potencial da Indústria química
Publicada em :15/06/2012

Camilla ValadaresO gerenciamento sustentável de produtos químicos desde seu processo de produção até descarte discutido na manhã desta quinta-feira (14/06) no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. "A sustentabilidade necessária ao potencial do Brasil em se tornar o quinto país do mundo na produção de produtos químicos industriais em 2020"  faz parte do Ciclo de Debates para a Rio+20 "Brasil Sustentável – O Caminho para Todos" promovido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA).A iniciativa tem como objetivo fortalecer os debates da agenda ambiental. "Estamos aqui para produzir massa crítica para a agenda permanente das questões ambientais" nesta manhã o secretário- executivo do Ministério do Meio Ambiente, FanciscoGaetani.Participaram do debate Pedro Wongtschowski, representante da Associação Brasileira da Indústria Química; MathewGubb, diretor do Centro Internacional de Tecnologia Ambiental do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA); e o ex-ministro do Meio Ambiente Henrique Brandão Cavalcanti.EXPANSÃOO secretário executivo do MMA destacou a importância do avanço tecnológico para a agenda de meio ambiente e sua relação direta com os químicos. O setor é responsável por 3% do PIB nacional, mas de acordo com Pedro Wongtschowski, representante da Associação Brasileira da Indústria Química, há uma grande oportunidade de expansão do mercado. Wongtschowski destacou que a chamada química verde é um dos pilares potenciais do crescimento e o Brasil já possui matérias-primas como cana-de- açúcar e óleos vegetais competitivos a serem utilizados. "Temos a oportunidade de ampliar a produção de origem renovável para fornecer ao mercado" completou.O representante do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Mathew Gubb lembrou dos compromissos firmados sobre manejo de químicos desde 1972, em Estocolmo, com o Princípio 13 da Declaração daquela conferência. Em 1992, o capítulo 19 da Agenda 21, um dos resultados da Rio92, também contempla a questão da segurança no gerenciamento de químicos.Os compromissos foram reafirmados ainda em 2002, em Joahnesburgo e Gubb acredita que a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) trará avanços consideráveis nessa agenda. "Não importa isoladamente o quão boa são as políticas de governo ou medidas das iniciativas privadas, o aprimoramento do manejo de químicos é um processo contínuo, eles estão presentes no cotidiano das pessoas", finalizou.


Confira Notícias Relacionadas
- Amazônia legal será exemplo de implantação do Cadastro Rural
- Fatma divulga Relatório de Balneabilidade nº 45
- IMA emite primeira licença totalmente digital
- Fatma realiza audiência pública para discussão da Extração e Beneficiamento de Gnaisse, em Joinville
- Regulamentação do patrimônio genético deve ir ao Congresso ainda nessa semana




O que fazemos Quem somos Multimídia Participe Colaboradores
    Fotos
Vídeos
Papéis de parede
Twitter FaceBookFlickOrkutYoutube Contato
Fique Atulizado Movimento Ambiental online      
Blog
Outros
Twitter
Facebook
Youtube
Orkut
   Ibama Fatma Fundema

© Movimento Ambiental
Rua Nove de Março - 737 - Cep: 89201-400 - Centro - Joinville - SC.
Telefone:(47) 4101-6261 / 4101-7010 
Desenvolvido por: Prof Miguel Silva