NOTÍCIAS - DIA DA ÁRVORE – IMA REALIZA PLANTIO DE MUDAS NO PARQUE DA SERRA DO TABULEIRO


DIA DA ÁRVORE – IMA REALIZA PLANTIO DE MUDAS NO PARQUE DA SERRA DO TABULEIRO
Publicada em :13/10/2020

O ato marca o início da parceria entre o Instituto Çarakura, cogestora da Unidade de Conservação, com a empresa Cottonbaby que, no período de um ano, vai doar cinco mil mudas para o reflorestamento da Baixada do Maciambú, área atingida por sucessivos incêndios. Neste Dia da Árvore, mudas de várias espécies oriundas da região foram plantadas como Pororoca, Aroeira-vermelha, Araçá, Jerivá, Pau-leiteiro, Cocão, Canudo-de-pito, entre outros. Essa foi a primeira ação de um total de cinco campanhas que serão realizadas para o plantio das cinco mil mudas no local. A previsão é que ainda este ano sejam plantadas duas mil mudas e mais três mil em 2021. Além da parceria com a iniciativa privada, o Parque da Serra do Tabuleiro recebe ainda apoio do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, que tem por finalidade articular instituições públicas e privadas para integrar esforços e recursos para promover a restauração e conservação da biodiversidade nos 17 estados do bioma. O plantio de mudas é apenas uma das medidas para a restauração da área. Outra parceira com empresa privada vai assegurar a retirada de pinus, espécie exótica invasora que prejudica a biodiversidade e a regeneração da vegetação nativa. O Parque O Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, maior Unidade de Conservação de proteção integral de Santa Catarina, foi criado em 1975, para proteger a rica biodiversidade da região e os mananciais hídricos que abastecem as cidades da Grande Florianópolis e do Sul do Estado. O Parque Estadual da Serra do Tabuleiro ocupa cerca de 1% do território catarinense. Abrange áreas dos municípios de Florianópolis, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, São Bonifácio, São Martinho, Imaruí, Paulo Lopes e Garopaba. Em setembro de 2019, o Parque foi atingido por um forte incêndio que destruiu cerca de 800 hectares de mata. Uma força-tarefa formada por Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar Ambiental atuou para combater o fogo que persistiu por cerca de 36 horas. Foram necessários mais de 200 mil litros de água por terra e com o apoio dos helicópteros Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, e Águia, da Polícia Militar, para controlar o fogo. Desde então, várias iniciativas foram implementadas para a recuperação da área.


Confira Notícias Relacionadas
- Países definem medidas de sustentabilidade ambiental
- MMA debate marco legal da biodiversidade
- Fundação Renova prevê indenizar R$2 bi em 2018 por desastre da Samarco
- Fatma divulga Relatório de Balneabilidade nº 45
- 27/10/2015 - Governador entrega licença ambiental para ampliação da Portonave




O que fazemos Quem somos Multimídia Participe Colaboradores
    Fotos
Vídeos
Papéis de parede
Twitter FaceBookFlickOrkutYoutube Contato
Fique Atulizado Movimento Ambiental online      
Blog
Outros
Twitter
Facebook
Youtube
Orkut
   Ibama Fatma Fundema

© Movimento Ambiental
Rua Nove de Março - 737 - Cep: 89201-400 - Centro - Joinville - SC.
Telefone:(47) 4101-6261 / 4101-7010 
Desenvolvido por: Prof Miguel Silva